Lifelong learning: o que é e porque você deve estar atento

O lifelong learning é um conceito que extrapola as fronteiras dos diplomas e da educação formal, partindo da premissa de que o aprendizado não acaba por aí.


Sabemos que o conhecimento move e transforma. Portanto, aprender é uma atividade essencial em todos os momentos da vida. É importante estar sempre em desenvolvimento para poder acompanhar o mundo e as suas mudanças. E é nisso que se baseia o conceito de lifelong learning.

No artigo a seguir vamos mergulhar um pouco nessa ideia para entender melhor o que é o lifelong learning e como você pode estar atento para aplicar os princípios desse conceito na sua vida.


gif

O que é o lifelong learning?

O termo, que em tradução do inglês significa “aprendizado ao longo da vida” ou “formação contínua”, pressupõe que o aprendizado deve durar a vida inteira. Ou seja, Lifelong learning é sempre adquirir novos conhecimentos e habilidades, independentemente da sua idade ou formação prévia.

Indo além das fronteiras dos diplomas e da educação formal, o lifelong learning também estimula a autonomia na busca pelo conhecimento e valoriza a jornada de desenvolvimento pela qual todos passamos durante a vida. Ele mostra que as escolhas que fazemos, o caminho que percorremos e seus aprendizados são extremamente valiosos na construção de nosso ser, seja no campo pessoal ou profissional.


Porque você deve estar atento ao lifelong learning

O lifelong learning tem ganhado popularidade na vida das pessoas, pois além de ser um catalisador do desenvolvimento pessoal, também é uma ótima estratégia para conquistar espaço em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, exigente e volátil.

Enquanto gerações anteriores conseguiam ocupar lugares de destaque com apenas um diploma de graduação, hoje em dia esse é só um dos primeiros passos na caminhada das qualificações para conquistar o emprego dos sonhos. Sendo assim, não basta ter apenas um diploma, mas uma gama de conhecimentos e habilidades desenvolvidas pensando nas possibilidades do mercado.

A importância do lifelong learning está aí: se você se mantém sempre atualizado e de olho nas mudanças, adquirindo novos conhecimentos e habilidades (tanto hard quanto soft skills), você dificilmente estará deslocado do mercado de trabalho e terá maior facilidade de conquistar seu emprego ideal.

Os quatro pilares do lifelong learning

O lifelong learning se baseia em quatro fundamentos que guiam o processo do aprendizado e desenvolvimento contínuo. São eles:

#1 Aprender a conhecer

Para aprender, primeiro precisamos ter curiosidade, questionar e refletir, e esse é o primeiro pilar do lifelong learning. Ainda estamos bastante presos a uma estrutura formal de ensino, que delimita os conhecimentos e muitas vezes automatiza o pensamento.

Nesse sentido, o lifelong learning estimula o pensamento crítico e a capacidade de olhar para as situações com maior profundidade. Aprender a conhecer é aprender a estar aberto que novas experiências podem proporcionar.

#2 Aprender a fazer

A teoria nos ensina muito e é fundamental nos processos de aprendizado, mas sem a prática o conhecimento não se consolida. E isso não vale apenas para as hard skills, mas também para as soft skills. Por isso, o segundo pilar do lifelong learning é aprender a fazer, ou seja, botar a mão na massa.

Cursos, aulas e leituras são ferramentas valiosas para o aprendizado, mas é só quando colocamos nossos conhecimentos em prática – geralmente por muitas e muitas vezes – que eles se tornam sólidos.

#3 Aprender a conviver

Somos seres sociais, então ter um bom convívio com aqueles que nos rodeiam é extremamente importante, não só na vida pessoal, mas também profissional.

Quando interagimos com o outro e compartilhamos experiências, também aprendemos e nos desenvolvemos. Portanto, aprender a conviver se trata de tirar o melhor proveito possível dessas trocas, buscando sempre se manter aberto, agir com empatia e colaborar.

#4 Aprender a ser

O último pilar do lifelong learning trata do desenvolvimento da autonomia. Para se manter em um processo contínuo de aprendizado, você precisa ser capaz de buscar o conhecimento de forma independente. Mesmo dentro da educação formal, por exemplo, é extremamente enriquecedor exercer a autonomia e buscar se aprofundar naquilo que desperta mais interesse.

Aprender a ser é aprender a ter autonomia para escolher ir atrás daquilo que você quer a partir do que você já é.

Dicas para aplicar o lifelong learning na sua vida

Se você chegou até aqui, já deve ter entendido melhor o que é o lifelong learning e provavelmente está convencido de que não parar com o aprendizado não é uma boa ideia. Então, para te ajudar nessa jornada, separamos algumas dicas para colocar o conceito em prática.



gif

  • Reflita sobre seus objetivos de vida e interesses

A primeira dica é relacionada ao autoconhecimento. Para fazer escolhas acertadas na busca pelo conhecimento, primeiro você precisa refletir sobre seus objetivos de vida a curto, médio e longo prazo, pensando em seus caminhos e desdobramentos. Além disso, você deve prestar atenção em quais são seus reais interesses, buscando filtrar o aprendizado também a partir dessa lente. Afinal de contas, é muito mais fácil de aprender quando nos sentimos interessados e estimulados!

  • Planeje-se

O planejamento é fundamental para que você consiga traçar os caminhos do aprendizado e do desenvolvimento. Reflita sobre o que você realmente quer aprender e monte um planejamento com cursos, leituras, experiências etc. Busque destrinchar seu objetivo em pequenas partes, que sejam mais fáceis de serem finalizadas, pois isso ajuda a manter o ânimo e o ritmo para seguir seus planos.

  • Identifique seus pontos fracos

Busque prestar atenção em quais são seus pontos fracos, ou seja, com quais questões você tem maiores dificuldades em seu dia a dia. Tendo identificado isso, também torna-se mais fácil escolher que tipo de conhecimento é interessante adquirir, visando melhorar nesses pontos.

  • Invista em cursos de qualificação

Outra dica é, sempre que possível, investir em cursos de qualificação. A educação formal não é a única forma de se aprender, mas ela é uma grande aliada e guia para um aprendizado mais profundo. Além disso, o mercado de trabalho ainda valoriza bastante as qualificações na hora de considerar as pessoas candidatas às vagas de emprego.

  • Fique de olho nas mudanças no mercado de trabalho

Entender quais são as tendências e mudanças em um mercado de trabalho cada vez mais volátil também é muito interessante. Sabendo quais tipos de profissional são mais procurados, você tem maior noção de quais conhecimentos e habilidades valem mais a pena serem desenvolvidos.

  • Alinhe as expectativas com cada momento da vida

Por último, mas não menos importante: você não precisa manter os mesmos planos para a vida toda! O que hoje parece ideal para você, em algum tempo pode deixar de fazer sentido. Portanto, é importante ter em mente que conforme vamos mudando, nossas vontades, planos e expectativas também podem mudar. E está tudo bem! Basta aceitar e se adaptar a cada momento da vida.

E aí, o que você acha do conceito de lifelong learning? Sentiu uma animação para colocar em prática na sua vida?


Autor: BC Marketing | @bcmarketing.ag

22 visualizações
  • facebook-instituto-bold
  • instagram-instituto-bold
  • linkedin-instituto-bold
logo-instituto-bold.png