top of page

8 Dicas para conseguir o emprego dos sonhos

Quem conhece o nosso mercado sabe que ele nunca está para brincadeiras, por isso quem está desempregado precisa focar e se esforçar diariamente para conquistar seu espaço. 


Mulher apertando a mão de um homem

Seja iniciante ou avançado na carreira, esta situação é uma dor que pode se perdurar por meses. Porém, da mesma forma, pode ser vista como um ponto de partida ou de recomeço.


O ideal é nunca se desesperar, o desemprego pode aparecer nos piores momentos e é nesta hora em que testamos nossos limites e superamos obstáculos.


Pensando nisso, preparamos algumas dicas para ajudar quem busca pelo emprego dos sonhos ou por uma oportunidade de começar algo novo. Prepare-se para uma jornada de autoconhecimento e de muita persistência. 


Planeje e sonhe


Planejamento é o primeiro passo para tudo. Entenda ‘onde’ você quer chegar, antes do ‘como’. Além disso, não tenha medo de sonhar, saiba que você é capaz e pode ter metas pessoais. 


Vamos começar com uma pergunta simples, porém importante: onde você deseja estar em cinco anos? 


Responda com detalhes e se puder, escreva em uma folha. Tente colocar pelo menos um objetivo pessoal e um profissional. Agora, para cada um destes, defina as suas metas principais. 


Por exemplo, se em cinco anos quero morar fora do Brasil, uma das minhas metas terá que ser aprender um idioma novo. Ou se quero estar na liderança, posso encontrar um mentor. 


Tenha autoconhecimento


Esta etapa passa normalmente despercebida pelos profissionais. Afinal, todos já nos conhecemos muito bem, não é?


Na verdade, nós desconsideramos ou aumentamos, sem querer, nossas características. Por isso, nós só descobrimos do que gostamos ou não, na prática.


Quando estamos desempregados, é importante evitar vagas que só causaram frustração. Então, o autoconhecimento precisa entrar em jogo de verdade!


Conheça todas as suas habilidades, mas também saiba separar as que serão úteis para sua área ou vaga. Em seguida, determine seus pontos fortes e fracos, mas não precisa compartilhar por enquanto. 


Uma estratégia de autoavaliação que pode te ajudar, é ouvir aos outros. Converse com amigos, ex-colegas de trabalho, familiares e peça uma análise sincera para seu crescimento pessoal. Então, compare com os pontos que você já tinha imaginado. 


Por fim, seja maduro neste momento, compreenda as suas limitações e contexto, o que é crucial para evitar riscos futuros. 


Monte um currículo diferenciado


Chegou a hora de colocar a mão na massa, hora de montar um currículo. Então, procure exemplos para se basear conforme a sua área de atuação e vamos falar da estrutura. 


Procure personalizar o seu currículo conforme a vaga que está selecionando, desta forma o recrutador saberá se você está apto mesmo para a função ou se a empresa terá que te ensinar algo diferente. 


Seja criativo no documento para se diferenciar dos outros, mas seja sempre profissional. Não adianta encher a folha A4 com desenhos ou uma diagramação ruim, se isso só servir como poluição visual. Ou, aposte em modelos prontos se você não tiver prática.


Descubra o networking ideal


Criar uma rede de contatos é uma tarefa importante para se posicionar no mercado entre as pessoas certas, e isso significa que você precisará correr atrás de amizades na sua área. 


Marque presença entre seus colegas do passado e participe de eventos interessantes. Além disso, invista tempo online para rever seu perfil profissional e, talvez, criar relacionamento com outras pessoas da sua área. 


Criar networking pode ser difícil no começo, no entanto, faça de coração aberto e procure por relações que traga benefícios para ambos os lados. 


Nesta jornada, você encontrará pessoas competentes e experientes que gostam de compartilhar histórias, então aproveite sua chance. 


Busque vagas online


Procurar trabalho presencial é muito importante, principalmente para quem prioriza morar perto da empresa em que trabalha. Ainda assim, a situação do desemprego nos faz ampliar a busca entre cidades ou até mesmo estados.


Para todos os casos, procure por vagas em sites especializados, assim aumentando as suas chances de encontrar a empresa certa. Nestes canais você pode filtrar com mais facilidade e enviar seus arquivos. 


Vale lembrar também que em caso de empresas que você almeje, você pode mandar seu currículo pelo site oficial deles. Em algum lugar, há uma aba de funcionários ou um botão para enviar seu interesse. 


Conheça bem a empresa e a vaga


Um dos maiores erros de quem está procurando emprego é mirar em diversas empresas, mas não se dedicar para conhecê-las a fundo. Recrutadores percebem rapidamente o interesse do candidato pelo nível de conhecimento que ele tem pela empresa. 


Sempre que mandar um currículo, preste atenção no site oficial e nas redes sociais, conheça suas ações e projetos passados. Mostre interesse pelo trabalho realizado, é possível que você tenha a capacidade de melhorá-lo. 


Prepare-se para a entrevista


Depois de toda a sua dedicação e esforço para ser chamado, chegou a hora da entrevista. Aqui, é o momento em que você e a empresa podem se conhecer e tirar dúvidas. 


Apesar da entrevista ser tratada como o pior momento do processo seletivo, na verdade, você pode se sair muito bem se estiver preparado. Procure treinar e buscar referências de perguntas comuns em entrevistas. 



Continue estudando


Mesmo que você esteja procurando emprego, continuar estudando é fundamental. Se aprimorar, descobrir habilidades requisitadas e desenvolver principalmente o seu currículo. 


Busque por cursos, termine uma especialização ou aprenda um idioma novo, tudo que requer tempo de estudo, será bem recompensado no futuro. 


Como o Bold pode te ajudar? 


Somos uma ONG preparada para posicionar profissionais no mercado de trabalho. Preparamos desde jovens iniciantes até profissionais experientes, todos têm uma chance de entrar na vaga dos sonhos. 


Aqui, você vai ter a análise completa da sua autoavaliação, desenvolver seu próprio planejamento de carreira, conhecer nomes e pessoas-chave para seu crescimento e, vivenciar a mentoria. 


Colocamos pessoas desempregadas em contato com empresas e guiamos seus passos para superar os obstáculos. 


E como uma instituição não-organizacional, temos o dever de ajudar sem custos, trazendo oportunidades para pessoas de baixa renda. 



Esperamos que estas dicas sejam valiosas para o seu recomeço e desejamos sorte durante essa caminhada. 



10 visualizações0 comentário

Comments


  • facebook-instituto-bold
  • instagram-instituto-bold
  • linkedin-instituto-bold
logo-instituto-bold.png
bottom of page